Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

vinho tinto

vinho tinto

11
Abr16

diário

para o teu corpo me volto

no grito

para os teus olhos

para a tua carne

orgasmo de sangue

máscara

preto

sexo

s.png

 

10
Abr16

diário

sei não ser medo o que sinto

embora o aperto do infinito me provoque

não é porque não desejo fugir ao mar

não é porque finalmente crescem flores

 

não é medo porque os dedos amam

sempre que penetram as fontes

e o vazio sabe ao aroma da tua pele

 

provavelmente são deserto ou suspensão

os cabazes e as caixas de vidro partido

vidro partido

 

09
Abr16

diário

o universo pertence aos teus olhos -

com eles a altura das nuvens é curta

e a noite menos fria.

 

adoro imaginá-los espraiarem-se nos meus

quando o rumor dos pássaros desaparece

ou quando se acendem as estrelas.

 

agora que navegamos em rios distantes

e o teu grito se eleva dos poemas

como se voasses pela minha sombra

é o sorriso que recordo.

 

agora que só as pedras respiram

e os teus dedos apertam penas

no ventre esquecido dos versos

é o beijo que vejo.

olhos

 

08
Abr16

diário

 

 

há dias vi no facebook (através da sylvya agarus) uma imagem que, livremente traduzida, dizia que só precisamos de uma pessoa na nossa vida para a mudar por completo: nós. já não me lembro do autor. esta frase fez-me lembrar uma outra, acho que do atual Dalai Lama, que diz para sermos nós a mudança que queremos ver no mundo. independentemente dos autores, o sentido de ambas é bem verdadeiro: todas as grandes mudanças devem começar dentro de nós (as grandes – não é mudar de secretária no trabalho: essa pode começar pelo nosso chefe). quando há algo a mudar, seja no mundo seja em nós, não podemos esperar que sejam os outros a fazê-la. primeiro porque ninguém a faz por nós e em segundo porque ninguém a faz por nós. e enganam-se se acham que nada podem fazer, por exemplo, no conflito que opõe judeus a muçulmanos. se ensinarem uma criança judaica a amar uma criança muçulmana já terão mudado algo. parece-vos impossível? a indiferença é que, de certeza, não muda nada.

Motivar-so-nao-basta-e-preciso-mudar-as-atitudes

 

07
Abr16

diário

na tua face de rainha

brilham dez mil estrelas

 

nela o teu sorriso:

árvore e rio

os teus olhos:

desassossego

e boca solar:

calorosa luz

estrelas

 

06
Abr16

diário

na humidade das fontes

e no calor dos vales

a face despida de um pássaro

encanta as estrelas com letras de anjo

 

enquanto as palavras esperam o sono

é a nudez do poema na imobilidade das imagens

que incendeia o corpo numa fogueira de desejo

e os lábios da vontade em gemidos de mar aceso

 

nos teus olhos escreve-se o prazer das almas

e na nudez imaginada escrevo o deleite do sangue

com o interior vermelho do teu corpo de página em branco

 

quando ficas em silêncio sou a luz que te sobe pelas pernas

e o vento no despertar mágico dos teus seios

sou o arrepiar dócil da tua pele

vapor_agua_humidade_condensacao_ss.jpg

 

04
Abr16

diário

o problema é o corpo não ter a coragem do sangue

como os tigres caminham silenciosos pela floresta

ou os juncos abraçam a margem mais sombria dos rios

 

a frescura da tua pele é maior que a das chuvas florestais

e as aves que repousam na sombra do teu corpo de luz

penetram nos meus olhos como se o infinito parasse

 

nos lagos cuja carne e o sangue são sonhos indomáveis

como animais inebriados pelo próprio vento

2n19ob8.jpg

 

03
Abr16

diário

apesar do avc e da paralisia, sou um privilegiado. mantenho a que, para mim, é uma das capacidades mais importantes que temos: sermos nós próprios. a inteligência dá-nos a capacidade de nos adaptarmos, mas a capacidade de não o fazer, tentando não magoar quem quer que seja, é mais rara, complicada de obter e não se consegue com inteligência. essa capacidade é, demasiadas vezes, incompreendida. não alinhar com a maioria só porque sim, pensar e ter a nossa, bem fundamentada, opinião é muitas vezes confundido com arrogância. manter-se fiel, com qualidade de argumentos e não apenas por teimosia, é complicado: toda a gente gosta de aceitação e isso implica, muitas vezes, mudar de opinião. mantê-la e fundamentá-la com qualidade não é teimosia: é arte.

não estou com isto a dizer que nunca devemos mudar de opinião – lembrem-se que mudar é sinal de inteligência -, mas não a mudar só para, como dizem os americanos, go with the flow, é algo que devemos perseguir.

eu, felizmente, tenho o privilégio de pensar por mim e, mesmo que doa a alguém, ter a minha própria opinião. pena é que esse alguém seja, muitas vezes, eu.

não alinhem em carneiradas e pensem. um erro bem fundamentado é mais valioso que estar certo sem saber porquê.

adaptar.jpg

 

03
Abr16

diário

se quiserem podem esconder

o vento nos moinhos

e as ondas na praia

podem até esconder o ar

 

mas não me escondam os lírios

nem a claridade da tua pele

não me escondam a coragem

nem o vale do teu silêncio

 

não me escondam o teu corpo

pois só com ele sei o mundo

só ele me ajuda a dormir

 

não me escondam a tua alma

pois só com ela sei o sonho

só ela me ajuda a respirar

moinho-de-vento_1856_1024x768.jpg

 

01
Abr16

diário

escrevo-te porque não posso gemer

em conjunto com o coração que tens na boca

porque não tenho mais como enterrar palavras em ti

por ser a única forma de sentir o teu sangue no meu

 

nos meus sonhos a nudez dos fogos é o teu corpo

e a silhueta das flores que nasce no teu ventre

como se a arte da pele fosse a noite dos teus olhos

ou a simples humidade das fontes nas tuas pernas

 

como se o sol ardesse lento na tua imagem

ou os rios te nadassem na pele despida

a doçura do teu sorriso envergonha as estrelas

 

o dourado da tua pele contrasta com o branco do desejo

e faz amor com os caminhos tortuosos da mente

com a sombra imaginada do corpo contorcido pelo orgasmo

 

lfdsa


Subscreva o
"Poema Semanal"

E receba gratuitamente uma cópia em PDF do meu livro «Muros e Amor»

* indica que o campo é obrigatório
Email *
Primeiro Nome
Último Nome

Sigam-me

lfdsa

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2006
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2005
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2004
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D
  209. 2003
  210. J
  211. F
  212. M
  213. A
  214. M
  215. J
  216. J
  217. A
  218. S
  219. O
  220. N
  221. D
  222. 2002
  223. J
  224. F
  225. M
  226. A
  227. M
  228. J
  229. J
  230. A
  231. S
  232. O
  233. N
  234. D
lfdsa

Arquivo Temático


AVC-R
AVC Do Amor
Diário
Música
Prosa
lfdsa

Links

blogs

cinema

editoras

jornais & TV

poesia

revistas

outros

sugestões

  • Mandem as vossas sugestões para luisfdsabreu@gmail.com. Obrigado!
lfdsa

subscrever feeds