Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

vinho tinto

vinho tinto

27
Mar16

Como é que se Esquece Alguém que se Ama?

 

Como é que se esquece alguém que se ama? Como é que se esquece alguém que nos faz falta e que nos custa mais lembrar que viver? Quando alguém se vai embora de repente como é que se faz para ficar? Quando alguém morre, quando alguém se separa - como é que se faz quando a pessoa de quem se precisa já lá não está?

27
Mar16

SLB

 

27
Mar16

diário

ao contrário do que muitas e muitos pensam, não sou melhor nem pior que ninguém por escrever poesia. sou, talvez, diferente de alguns pois tenho uma forma estranha de me expressar. para mim, na minha forma de sentir, uma casa pode ser feita de peixe podre e as pernas de uma mulher uma tesoura numa fonte.

27
Mar16

avc-r

Sempre tive algum medo daquela máquina, mas desta vez podia combatê-lo com a que é, entre todas, a melhor das armas para o fazer: a esperança. Ao contrário de outros sentimentos, o medo é muito fácil. Eleva-se como uma muralha, entre nós e o que precisamos fazer, faz sombra a todos os caminhos e esconde todas as soluções.

27
Mar16

Impressions of Africa, 1938 Salvador Dali

Impressions of Africa, 1938 Salvador Dali

 

 

Biografia

 

Salvador Felip Jacint Dalí i Domènech nasceu às 8h45min da manhã de 11 de maio de 1904, no número vinte do carrer (rua) Monturiol da vila de Figueres, Catalunha,Espanha.[6] O seu irmão mais velho, também chamado Salvador (nascido em 12 de outubro de 1901), morreu de gastroenterite, nove meses antes, em 1 de agosto de 1903[7] ". O seu pai, Salvador Dalí i Cusí, era um advogado de classe-média, figura popular da cidade e senhor de um caráter irascível e dominador; a sua mãe, Felipa Domenech Ferrés, sempre incentivou os esforços artísticos do filho.[8] [9] Dalí também teve uma irmã, Ana Maria, que era três anos mais nova.[8] Em 1949, ela publicou um livro sobre o seu irmão, "Dalí visto pela sua irmã".[10]

Dalí frequentou a Escola de Desenho Federal, onde iniciou a sua educação artística formal. Em 1916, durante umas férias de verão em Cadaquès, passadas com a família de Ramón Pichot, descobriu a pintura impressionista.[11] Pichot era um artista local que fazia viagens frequentes a Paris.[8] No ano seguinte, o pai de Dalíorganizou uma exposição dos desenhos a carvão do filho na sua casa de família. A sua primeira exposição pública ocorreu no Teatro Municipal em Figueres em 1919.[12]

Em fevereiro de 1921, a sua mãe morreu de câncer da mama. Salvador Dali, então com dezesseis anos de idade, disse depois da morte da sua mãe: "foi o maior golpe que eu havia experimentado em minha vida. Eu adorava-a… eu não podia resignar-me a perda de um ser com quem eu contei para tornar invisíveis as inevitáveis manchas da minha alma".[13] Após a morte de Felipa Domenech Ferrés, o pai de Salvador Dali casou-se com a irmã da falecida esposa. Dalí não se ressentiu por este casamento, como alguns pensaram, pois ele tinha um grande amor e respeito por sua tia.[8]

 

FONTE: https://pt.wikipedia.org/wiki/Salvador_Dal%C3%AD

27
Mar16

The Burning Giraffe, 1937 Salvador Dalí

The Burning Giraffe, 1937 Salvador Dalí

 

Biografia

 

Salvador Felip Jacint Dalí i Domènech nasceu às 8h45min da manhã de 11 de maio de 1904, no número vinte do carrer (rua) Monturiol da vila de Figueres, Catalunha,Espanha.[6] O seu irmão mais velho, também chamado Salvador (nascido em 12 de outubro de 1901), morreu de gastroenterite, nove meses antes, em 1 de agosto de 1903[7] ". O seu pai, Salvador Dalí i Cusí, era um advogado de classe-média, figura popular da cidade e senhor de um caráter irascível e dominador; a sua mãe, Felipa Domenech Ferrés, sempre incentivou os esforços artísticos do filho.[8] [9] Dalí também teve uma irmã, Ana Maria, que era três anos mais nova.[8] Em 1949, ela publicou um livro sobre o seu irmão, "Dalí visto pela sua irmã".[10]

Dalí frequentou a Escola de Desenho Federal, onde iniciou a sua educação artística formal. Em 1916, durante umas férias de verão em Cadaquès, passadas com a família de Ramón Pichot, descobriu a pintura impressionista.[11] Pichot era um artista local que fazia viagens frequentes a Paris.[8] No ano seguinte, o pai de Dalíorganizou uma exposição dos desenhos a carvão do filho na sua casa de família. A sua primeira exposição pública ocorreu no Teatro Municipal em Figueres em 1919.[12]

Em fevereiro de 1921, a sua mãe morreu de câncer da mama. Salvador Dali, então com dezesseis anos de idade, disse depois da morte da sua mãe: "foi o maior golpe que eu havia experimentado em minha vida. Eu adorava-a… eu não podia resignar-me a perda de um ser com quem eu contei para tornar invisíveis as inevitáveis manchas da minha alma".[13] Após a morte de Felipa Domenech Ferrés, o pai de Salvador Dali casou-se com a irmã da falecida esposa. Dalí não se ressentiu por este casamento, como alguns pensaram, pois ele tinha um grande amor e respeito por sua tia.[8]

 

FONTE: https://pt.wikipedia.org/wiki/Salvador_Dal%C3%AD

27
Mar16

...

 

27
Mar16

...

 

27
Mar16

AVC Do Amor

frente.jpg

 


OPINIÕES
http://bau-dos-livros.blogspot.pt/2015/12/avc-do-amor-luis-abreu.html
http://saboresedissaboresliterarios.blogspot.pt/2015/11/opiniao-avc-do-amor-luis-abreu.html
http://encantodashistorias.blogspot.pt/2015/11/avc-do-amor-opiniao.html
http://deliriousbeautifulmind.blogspot.pt/2015/10/avc-do-amor-de-luis-abreu.html
http://tatianecdesouza.blogspot.com.br/2015/10/parceria-avc-do-amor-luis-abreu.html
http://atmosferadoslivros.blogspot.pt/2015/11/minha-opiniao-sobre-o-livro-avc-do-amor.html
http://miniestanteliteraria.blogspot.pt/2015/11/avc-do-amor-de-luis-abreu.html
http://jardimdemilhistorias.blogspot.pt/2015/12/opiniao-o-avc-do-amor-de-luis-abreu.html
http://o-prazer-das-coisas.blogspot.pt/2015/11/o-avc-do-amor-luis-abreu.html
http://www.pensamentosvalemouro.com.br/2015/11/resenha-avc-do-amor-luis-abreu.html

COMPRAR
https://www.chiadoeditora.com/livraria/avc-do-amor
http://www.wook.pt/ficha/avc-do-amor/a/id/16896594
http://www.bertrand.pt/ficha/avc-do-amor?id=16896594

ENTREVISTAS
http://blocodedevaneios.blogspot.pt/2015/11/entrevista-luis-abreu.html
http://www.luisabreu.pt/images/social.jpg

PASSATEMPOS
http://bau-dos-livros.blogspot.pt/2015/10/passatempo-avc-do-amor.html
https://www.facebook.com/permalink.php?story_fbid=1202796053068794&id=957211037627298&pnref=story

TEXTOS MEUS
http://atmosferadoslivros.blogspot.pt/2015/10/luis-abreu-fala-sobre-o-lancamento-do.html
http://tetraplegicos.blogspot.pt/2015/10/desabafo-de-um-escritor-com-tetraparesia.html
http://atmosferadoslivros.blogspot.pt/2015/10/luis-abreu-diz.html
http://atmosferadoslivros.blogspot.pt/2015/10/viver-com-solidao-de-luis-abreu.html

DIVULGAÇÃO
http://deliriousbeautifulmind.blogspot.pt/2015/10/divulgacao-avc-do-amor-de-luis-abreu.html
http://umabibliotecaemconstrucao.blogspot.pt/2015/10/novidade-da-chiado-editora.html
http://www.modaeeu.com.br/2015/10/lancamento-avc-do-amor.html
http://saboresedissaboresliterarios.blogspot.pt/2015/10/novidades-avc-do-amor.html
http://thoughloversbelostloveshallnot.blogspot.com/2015/10/sessao-de-lancamento-e-apresentacao-de.html
http://blocodedevaneios.blogspot.pt/2015/10/novidade-chiado-editora.html
http://destante.blogspot.pt/2015/09/avc-do-amor-de-luis-abreu.html
http://asleiturasdocorvo.blogspot.pt/2015/09/divulgacao-avc-do-amor-de-luis-abreu.html
http://atmosferadoslivros.blogspot.pt/2015/09/divulgacao-do-livro-avc-do-amor-do.html
https://www.facebook.com/andrebenjamim/posts/10208065653378678?pnref=story
http://encantodashistorias.blogspot.pt/2015/11/divulgacao-o-avc-do-amor.html
https://www.facebook.com/EscritoresPoetas/posts/789495344493171
http://sinfoniadoslivros.blogspot.pt/2015/11/divulgacao-avc-do-amor-de-luis-filipe.html
http://www.blogclubedeleitores.com/2016/01/avc-do-amor-luis-abreu.html

lfdsa


Subscreva o
"Poema Semanal"

E receba gratuitamente uma cópia em PDF do meu livro «Muros e Amor»

* indica que o campo é obrigatório
Email *
Primeiro Nome
Último Nome

Sigam-me

lfdsa

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2006
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2005
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2004
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D
  209. 2003
  210. J
  211. F
  212. M
  213. A
  214. M
  215. J
  216. J
  217. A
  218. S
  219. O
  220. N
  221. D
  222. 2002
  223. J
  224. F
  225. M
  226. A
  227. M
  228. J
  229. J
  230. A
  231. S
  232. O
  233. N
  234. D
lfdsa

Arquivo Temático


AVC-R
AVC Do Amor
Diário
Música
Prosa
lfdsa

Links

blogs

cinema

editoras

jornais & TV

poesia

revistas

outros

sugestões

  • Mandem as vossas sugestões para luisfdsabreu@gmail.com. Obrigado!
lfdsa
lfdsa

 

 

subscrever feeds