Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

vinho tinto

vinho tinto

29
Out12

...

o som mudo

das igrejas

abate-se no

corpo dos pobres

como pão em café

 

o infinito

é muito cruel

e quando atravessa campanários

deixa sempre os sinos silentes

 

abre

fendas

no bronze

 

sulcos

nas paredes

 

rasgos

22
Out12

...

Meu amor,

 

estou sentado no topo de uma duna. Daqui de cima, mesmo sentado, consigo observar toda a lentidão das areias.

18
Out12

...

deixei algumas palmeiras em branco

numa muito doce praia deserta

para que as ondas as enchesse de versos,

 

mas foi a rouquidão da espuma,

a sua inveja e colarinho branco

a pintar rimas molhadas e a explodir.

16
Out12

...

os moínhos de silêncio

agitam as sombras cinzentas

nos mistérios noturnos

das estrelas e das vozes

e todo esse ruído

faz parte da conversa

surrealista

entre as folhas e o manifesto

do vermelho sanguinário

que habita as esferas

e o crescer da selva

e dos moínhos.

12
Out12

...

Querida,

 

cá estou novamente. Escrevo-te na sombra da minha imobilidade. Faço-o, como se o infinito fosse a única ferida no meu corpo. Mas não é. Também a lentidão das dunas feriu o meu peito. Demasiado tempo a pensar nas areias, demasiado tempo na penumbra de ser.

11
Out12

...

Querida amiga,

 

chegou a hora de te livrares desses sapatos velhos e de caminhares descalça na floresta do seu coração. Despe-te e diz-lhe o quanto o amas. Enquanto podes fá-lo. Eu já não posso. Acabámos tudo antes de eu vir. Foi maravilhoso saber-te. Vou já enviar-te isto e depois continuo.

 

Carlos

07
Out12

...

o umbigo do Mia Couto

pode acontecer em qualquer infinito,

mas sempre na sombra

e deixa sempre memórias

Pág. 1/2

Sigam-me

lfdsa

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2006
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2005
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2004
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D
  209. 2003
  210. J
  211. F
  212. M
  213. A
  214. M
  215. J
  216. J
  217. A
  218. S
  219. O
  220. N
  221. D
  222. 2002
  223. J
  224. F
  225. M
  226. A
  227. M
  228. J
  229. J
  230. A
  231. S
  232. O
  233. N
  234. D
lfdsa

Arquivo Temático


AVC-R
AVC Do Amor
Diário
Música
Prosa
lfdsa

Links

blogs

cinema

editoras

jornais & TV

poesia

revistas

outros

sugestões

  • Mandem as vossas sugestões para luisfdsabreu@gmail.com. Obrigado!
lfdsa

subscrever feeds